Page Nav

HIDE

Breaking News:

latest

Arrependimento de André Valadão: "Não é sobre matar", diz após críticas por discurso anti-LGBT

Na tarde deste domingo, o cantor gospel André Valadão recorreu às redes sociais para se defender das acusações de incitar a violência contra...


Na tarde deste domingo, o cantor gospel André Valadão recorreu às redes sociais para se defender das acusações de incitar a violência contra pessoas LGBTQIA+ durante um culto religioso na Igreja da Lagoinha, em Orlando, nos Estados Unidos. Em um vídeo compartilhado, o pastor alegou que suas palavras foram interpretadas de forma equivocada e que não estava sugerindo o extermínio da comunidade LGBTQIA+.A controvérsia teve início quando trechos de sua pregação viralizaram nas redes sociais, causando indignação e revolta. No discurso, Valadão afirmou: "Agora é a hora de tomar as cordas de volta e dizer: Pode parar, reseta! Mas Deus fala que não pode mais. Ele diz, 'já meti esse arco-íris aí. Se eu pudesse, matava tudo e começava de novo. Mas prometi que não posso', agora tá com vocês". Essas palavras geraram uma interpretação de que o pastor estaria incitando a violência contra a comunidade LGBTQIA+.


No entanto, Valadão negou veementemente essa interpretação e alegou que sua mensagem se referia a um recomeço espiritual e à volta à essência das crenças religiosas. Em sua postagem, ele declarou: "Nunca será sobre matar, segregar, mas será sim sobre resetar, levar de volta a essência, ao princípio... sim cabe ao que crê em Jesus levar a mensagem do recomeço, reset, reinício, nascer de novo e viver não mais para si, mas para Deus e suas leis".


Apesar das explicações, a repercussão negativa das palavras de Valadão gerou indignação nas redes sociais, com muitos internautas pedindo sua prisão e condenando o discurso de ódio. Alguns internautas destacaram que as declarações do pastor são uma distorção das sagradas escrituras e enfatizaram a importância do respeito à comunidade LGBTQIA+.


A polêmica em torno do caso levantou discussões sobre o fundamentalismo religioso e seu impacto no debate público. Alguns jornalistas e especialistas apontaram que casos como esse refletem uma teocracia miliciana, onde o dogma religioso se mescla com o pensamento político, resultando em discursos discriminatórios e incitação à violência.


Enquanto a controvérsia continua a dividir opiniões, é evidente que as palavras de André Valadão causaram um grande impacto na comunidade LGBTQIA+ e na sociedade em geral. O caso serve como um lembrete da importância do diálogo respeitoso e da conscientização sobre os direitos e a dignidade de todas as pessoas, independentemente de sua orientação sexual ou identidade de gênero.

Nenhum comentário