Page Nav

HIDE

Breaking News:

latest

Maravilha cósmica: Via Láctea "visualizada" através de matéria pela primeira vez em registro histórico!

Descoberta revolucionária: Astrônomos criam retrato brilhante da Via Láctea através de "partículas fantasmas" cósmicas Pela primei...


Descoberta revolucionária: Astrônomos criam retrato brilhante da Via Láctea através de "partículas fantasmas" cósmicas


Pela primeira vez, os astrônomos montaram um retrato brilhante da Via Láctea usando "partículas fantasmas" cósmicas detectadas por um telescópio embutido no gelo da Antártida. Essa nova perspectiva da nossa galáxia é baseada em partículas de matéria, os neutrinos, em vez de energia eletromagnética.


Os neutrinos, minúsculas partículas cósmicas de alta energia, passam por qualquer tipo de matéria sem sofrer alterações, o que as torna frequentemente chamadas de "fantasmagóricas". Essas partículas dificilmente interagem com o ambiente, mas interagem com o gelo. A equipe de cientistas utilizou o IceCube Neutrino Observatory, localizado na Antártida, para detectar neutrinos e rastreá-los até suas origens.


O IceCube, o maior detector de neutrinos do mundo, consiste em 86 buracos perfurados no gelo, cada um com 2,4 quilômetros de profundidade, espalhando uma rede de 5.160 sensores de luz em uma grade que se estende por 1 quilômetro cúbico. À medida que os neutrinos interagem com o gelo, eles criam padrões de luz fracos que são detectados pelo IceCube, permitindo que os astrônomos rastreiem sua origem.


Por meio de um algoritmo de aprendizado de máquina desenvolvido pelos pesquisadores, mais de 60.000 padrões de luz de neutrinos foram analisados, resultando em uma imagem mostrando pontos brilhantes de luz na Via Láctea, que provavelmente emitem neutrinos. Essa descoberta representa um marco significativo, já que os cientistas agora têm uma nova lente para observar o universo, desvendando mistérios cósmicos e fornecendo insights sobre a origem dos raios cósmicos.

continue lendo 



Nenhum comentário